O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Enquete

Como você avalia a gestão do prefeito de Goianésia, Jalles Fontoura?

ÓTIMA (10 pontos)
BOA (6 pontos)
RUIM (3 pontos)
PÉSSIMA (1 ponto)

Resultado Parcial

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

Goianésia
Passados 15 dias, ainda são mistérios causas da morte de trabalhador da Jalles Machado
Divulgação
Nossa reportagem tentou contato com a empresa nesta quarta-feira, mas não fomos atendidos e assim, nenhuma nova informação foi nos repassada
Da Redação - Túlio Menezes
Atualizado em 27/11/2014 às 08:22

Depois da nota enviada rapidamente à imprensa informando e lamentando a morte de um trabalhador dentro do salão de armazenamento de açúcar, a empresa Jalles Machado não fez mais contato com o Correio Goiano e não respondeu nossos questionamentos

 

Diferente da nota enviada à imprensa no dia seguinte do acidente, até o momento, a empresa sucroalcooleira, Jalles Machado, não enviou informações sobre os motivos da morte do trabalhador Henrique Lima Joseph de Jesus, 23 anos. (relembre o caso)

 

Passados mais de quinze dias, a população de Goianésia ainda não tem novas informações do que teria causado o acidente que vitimou o trabalhador.

 

Depois da notícia ser publicada na versão impressa do Correio Goiano e circular por toda a cidade de Goianésia, algumas pessoas questionaram pelas ruas o final dessa história que constrangeu a cidade.

 

Até o momento, as informações se misturam e enquanto alguns acreditam que a morte do rapaz foi um acidente, outros acreditam que a morte foi provocada por falta de manutenção em equipamentos por parte da Usina.

 

Na manhã de ontem, quarta-feira, nosso jornalismo tentou contato com a Assessoria da empresa para saber se há alguma nova informação, mas a Assessoria, que antes fez questão de enviar uma nota lamentando o ocorrido, desta vez sequer respondeu nosso questionamento, nem justificou.

 

Caso a Perícia Técnica aponte que a morte do trabalhador tenha acontecido por falta de manutenção no equipamento em que Henrique trabalhava, além de ser obrigada a indenizar à família, uma marca negativa será feita na safra deste ano.

 

Segurança no Trabalho

No ano de 2009, a Jalles Machado foi eleita a melhor empresa do Brasil em Segurança no Trabalho. O prêmio, entregue por uma revista com circulação nacional foi o reconhecimento pelos investimentos realizados pela sucroalcooleira na área de segurança.

 

Espaço publicitário ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Veja mais notícias sobre Goianésia

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À COMUNICAÇÃO CORREIO GOIANO LTDA

É expressamente proibido a reprodução de textos, fotos ou qualquer outro conteúdo deste portal.

::DEUS SEJA LOUVADO!::